terça-feira, 30 de dezembro de 2008

LIBAÇÃO
-
É do nascedouro da vida a grandeza.
É da sua natureza a fartura
a proliferação
os cromossomiais encontros,
os brotos os processos caules,
os processos sementes,
os processos troncos,
os processos flores,
são suas mais finas dores.
-
As consequências cachos,
as consequências leite,
as consequências folhas,
as consequências frutos,
são suas cores mais belas.
-
É da substância do átomo
ser partível produtivo ativo e gerador.
Tudo é no seu âmago e início,
patrício da riqueza, solstício da realeza.
-
É da vocação da vida a beleza
e a nós cabe não diminuí-la, não roê-la
com nossos minúsculos gestos ratos
nossos fatos apinhados de pequenezas,
cabe a nós enchê-la,
cheio que é o seu princípio.
-
Todo vazio é grávido desse benevolente risco,
todo presente é guarnecido
do estado potencial de futuro.
-
Peço ao ano-novo
aos deuses do calendário
aos orixás das transformações:
nos livrem do infértil da ninharia
nos protejam da vaidade burra
da vaidade "minha" desumana sozinha.
Nos livrem da ânsia voraz
daquilo que ao nos aumentar
nos amesquinha.
-
A vida não tem ensaios
mas chances.
-
Viva a burilação eterna, a possibilidade:
o esmeril dos dissabores!
Abaixo o estéril arrependimento
a duração inútil dos rancores.
-
Um brinde ao que está sempre nas nossas mãos:
a vida inédita pela frente
e a virgindade dos dias que virão!
-
Elisa Lucinda

domingo, 21 de dezembro de 2008

ESPECIAIS DOMCARLOSPEAR 6


-
Faixas:
01 - ZAP POW - Cry Inflation
02 - CULTURE - Behold The Land
03 - IJAHMAN LEVI - One Stop From Hell
04 - KIDDUS I - Love Child
05 - MAX ROMEO - Norman
06 - THE MEDITATIONS - Rome
07 - THE ITALS - False Preachers
08 - PETER TOSH - Maga Dog
09 - DILLINGER - Ball of fire
10 - GROUNDATION - Sleeping Bag-O-Wire
11 - BURNING SPEAR - Them a come
12 - GREGORY ISAACS - Loving Pauper
13 - JOE HIGGS - Think of the Moment
14 - AL CAMPBELL - Tribal War
15 - THE GLADIATORS - Roots Natty
16 - AUGUSTUS PABLO - African Quee
17 - CORNELL CAMPBELL - Malicious World
18 - FREDDY MCGREGOR - Africa Here I Come
19 - BOB MARLEY - I Know A Place
20 - MICHAEL ROSE - Guess Who's Coming To Dinner
21 - MATISYAHU - Jerusalem
22 - DEZARIE - Judgement Come
-
Link para download:
http://www.mediafire.com/?dwfg4lykzoq

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

THE ABYSSINIANS - Satta Dub


-
Faixas:
01 - Thunderstorm
02 - Mandela Version
03 - African Dub
04 - I 'n' I Dub
05 - Good Lord Dub
06 - Know Jah Dub
07 - Y Mas Gan Dub
08 - Jah Loves Dub
09 - Zion I Dub
10 - Peculiar Dub
11 - Meditation Dub
12 - Dem A Dub
13 - There Is No Dub
14 - Mandela
15 - Mandela Part 2
-
Link para download:
http://www.mediafire.com/?x4anlz3ttwt


THE ABYSSINIANS - Satta Massagana

-
-
O trio vocal The Abyssinians foi formado em 1969 por Donald Manning, Bernard Collins e Linford Manning. São conhecidos sobretudo pela canção e conseqüente LP "Satta Massagana", que transformou-se numa das canções mais populares do reggae.
Este clássico fala de uma terra distante (no caso, a Etiópia, cujo nome antigo era Abíssinia) onde nunca havia noite, apenas dia. Foi lançado em 1971 e cantado até em igrejas na Jamaica.
Mesmo sem nunca terem alcançado o status de superstars, The Abyssinians estão na ativa até hoje e são uma das bandas mais respeitadas pelos reggaemen ortodoxos. Seus filhos também seguiram a carreira artística. Formaram o Satta.
-
Faixas:
01 - Declaration Of Rights
02 - The Good Lord
03 - Forward Unto Zion
04 - Know Jah Today
05 - Abendigo
06 - Y Mas Gan
07 - Black Man's Strain
08 - Satta Massagana
09 - I And I
10 - African Race
11 - Leggo Beast
12 - Peculiar Number
13 - Reason Time
14 - There Is No End
-
Link para download:

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

BURNING SPEAR - Farover


-
Faixas:
01 - Farover
02 - Greetings
03 - Image (Of Marcus Mosiah Garvey)
04 - Rock
05 - Education
06 - She's Mine
07 - Message
08 - O'Jah
09 - Jah Is My Driver
-
Link para download:
http://www.mediafire.com/?mzzqbz03z5t

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008



CAETANO VELOSO - Caetano Veloso (1971)


-
O baiano Caetano Emanuel Viana Telles Veloso nasceu em Santo Amaro da Purificação em 07 de agosto de 1942. Com pouco mais de 4 anos de idade, já compunha "A Tua Presença Morena", revelando seus dotes artísticos.
Sua trajetória musical começou, realmente, quando se mudou com a família para Salvador no início dos anos 60. A capital baiana vivia um momento de efervescência cultural e Caetano aproveitou sua paixão pela música e pela bossa nova de João Gilberto e começou a tocar em barzinhos da cidade. Foi em Salvador, também, que Caetano conheceu o parceiro Gilberto Gil. Nesse período, também, conheceu Gal Costa e Tom Zé, futuros componentes da Tropicália.
Mais do que um músico, o baiano Caetano Veloso é um agitador cultural. Suas propostas docemente anarquistas, desde aquela canção que dizia "caminhando contra o vento / sem lenço, sem documento" (1967) quando o País estava dominado pela ordem unida militar, mexeram com a juventude dos anos 60, 70, 80 e seguem viçosas e inquietantes nos anos 90. Depois daquela Alegria Alegria de 1967, logo no ano seguinte Caetano radicalizou, apresentando no Festival da Record uma canção que valia por um manifesto: Proibido proibir.
Mesmo vaiada, a canção marcou e provocou o primeiro de muitos discursos de Caetano contra a incompreensão e o autoritarismo da platéia ou dos críticos. Nesse mesmo ano, 1968, ele, ao lado de Gilberto Gil, do maestro Rogério Duprat, Gal Costa, Torquato Neto e Os Mutantes, lançou o disco que foi o ponto de partida de um movimento de renovação musical e cultural: Tropicália - origem do Tropicalismo. OBrasil camavalizado ou circense dos tropicalistas não coincidia nem um pouco com aquele que os militares estavam tentando impor. O movimento ou a atitude que ele induzia se estendeu às artes plásticas, ao teatro, à moda, à literatura. Um episódio confuso envolvendo declarações que Caetano e Gil teriam feito sobre a bandeira nacional durante o show Proibido proibir (dezembro de 1968) foi o motivo queos militares encontraram para mantê-los presos, incomunicáveis por 45 dias, e depois exilá-los em Londres. Voltaram em 1972 e no ano seguinte Caetano já dividia a crítica com um disco experimental: Araçá azul. Sempre inquieto, questionou o machismo brasileiro, cantou a liberdade dos costumes, vestiu roupas que chocaram os conservadores. Restaurou o alegre costume de compor músicas para o carnaval.
A ousadia continua sendo uma marca registrada de Caetano.
-
Faixas:
01 - A Little More Blue
02 - London, London
03 - Maria Bethânia
04 - If You Hold A Stone
05 - Shoot Me Dead
06 - In The Hot Sun Of A Christmas Day
07 - Asa Branca
-
Link para download:
-
ESPECIAIS DON CARLOS


-
O dia 29 de Junho de 1952 teve um brilho especial. Nascia Euvin Spencer, no distrito de Waterhouse - Kingston - Jamaica. Don Carlos, como é mais conhecido pelos seus fãs teve uma infância bastante difícil. O local onde nasceu (o mesmo que ainda mora), era marcado pela criminalidade (às 6 da tarde, nem os taxis se arriscavam a trafegar). Don Carlos ganhou o apelido de "Don" (que significa na Jamaica alguém respeitado, temido) graças à popularidade conquistada na comunidade, onde mesmo com a violência amedrontando toda a população, ele caminhava pelas ruas em qualquer horário sem ser importunado. Em 1965, Don Carlos fez a sua primeira gravação no "Federal Studios" em Kingston. O artista ganhou fama internacional a partir de 1983, quando o DJ Ken Williams começou a promover shows com outros grandes nomes como Eek-a-Mouse e Chalice para milhares de pessoas no Colégio de Manhattan em Nova York. Desde então a sua música o levou à África, Europa, América do Sul, Estados Unidos e muitas ilhas nos Oceanos Atlântico e Pacífico. Além da carreira solo, Don Carlos fez grande sucesso como vocalista do grupo Black Uhuru, trio formado em 1974 com Derrick “Duckie” Simpson e Rudolph “Garth” Dennis, e fez também um duo com o cantor Gold. No entanto, com a primeira formação do Uhuru, Carlos só gravou um single, muito raro entre os colecionadores de Reggae de hoje. O artista só retornou ao Black Uhuru em 1990, junto com Garth Dennis, e gravou 3 álbums: "Now" , "Iron Storm" e “Mystical Truth”, tendo logo após voltado à sua carreira solo. Carlos diz que a inspiração para a sua música é o mundo pelo qual ele viajou e conheceu diversas pessoas onde pôde desenvolver sua educação e cultura. Don Carlos canta o otimismo em suas músicas levando aos ouvintes uma mensagem de respeito sempre.
-
Faixas:
01 Just A Passing Glance
02 Time
03 Come Lets Party
04 Movin (To The Top)
05 Sweeter Than Wime (This Magic Moment)
06 Sattamasagana
07 Roots Man Party
08 Crucial Situation
09 Harvest Time
10 Jah Jah Hear My Plea
11 Cool Johnny Cool
12 Better Must Come
13 Young Girl
14 Just Grove With Me
15 In Pieces
16 I Love Jah
17 Declaration Of Rights (Ft Gold)
18 White Squall
19 I'm Leaving
20 Jordan River (Ft Anthony Johnson & Little John)
-

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

-
RAUL SEIXAS - Areia da Ampulheta
-

-
Raul dos Santos Seixas nasceu em Salvador, Bahia, em 28 de junho de 1945. Em sua infância teve maior contato e assimilação do rock and roll em virtude de ser vizinho e amigo de filhos de famílias americanas que trabalhavam para o consulado americano na Bahia. Tornou-se logo fã ardoroso de Elvis Presley, fundando aos 14 anos um fã-clube brasileiro do cantor (Elvis Rock Club). Engana-se porém quem pensa que Raul renegou a cultura brasileira adotando o rock and roll; odiava a bossa nova mas acrescentou ao seu rock elementos de música nordestina como o baião, xaxado, música brega.
Aluno relapso (repetiu várias vezes a segunda série ginasial) apesar de muito inteligente e leitor voraz, rapidamente se cansa da escola decidindo pela profissionalização como músico. Em 1962 em meio ao movimento bossa nova que explodia no Brasil, Raul monta sua primeira banda, Os Relâmpagos do Rock, que mais tarde teria seu nome mudado para The Panthers e finalmente Raulzito e os Panteras. Pela formação do grupo passaram entre outros além de Raul (vocal e guitarra), Thildo Gama, Perinho (guitarra), Mariano Lanat (baixo), Carleba (bateria). Logo abandona a faculdade de direito.
Gravam um compacto que seria distribuido para rádios com duas músicas (sendo uma versão de Elvis Presley). Apresentam-se em clubes e algumas vezes em rádio e TV.
Em 1972 alcançou a tão desejada repercussão nacional classificando duas músicas no Festival Internacionl da Canção.
Em 1973 saiu o LP Krig-Ha Bandolo! apresentando as primeiras parcerias de Raul com o companheiro de estudos esotéricos Paulo Coelho. Começaram a formar em parceria o grupo Sociedade Alternativa, anarquista, baseado na doutrina de Aleister Crowley e também destinado a estudos esotéricos. Chegariam a pensar em construir em Minas Gerais a comunidade alternativa Cidade das Estrelas. O movimento foi, porém considerado subversivo pelo governo militar. Raul (que aparentemente passou por sessões de tortura), Paulo e as respectivas esposas (Edith e Adalgisa) foram exilados nos estados unidos. Raul viria a conhecer durante o exílio alguns de seus ídolos, Elvis Presley, John Lennon e Jerry Lee Lewis.
Voltaram ao Brasil em 1974 em meio ao sucesso do segundo LP, Gita, possivelmente o seu lançamento de maior vendagens e repercussão.
No início da década de 80 Raul Seixas começou a apresentar problemas de saúde em virtude de consumo exagerado de álcool. Passou a sofrer de hepatite crônica em virtude da bebida e estava em um hiato de contratos e shows.
Em 21 de Agosto de 1989, apenas dois dias após o lançamento de A Panela do Diabo, Raul Seixas morre de um ataque cardíaco em virtude de problemas causados pela bebida. Curiosamente após a sua morte tem o seu talento mais reconhecido do que nunca, arregimentando a cada dia mais seguidores, sendo lançados postumamente registros inéditos e coletâneas, todos sucessos de vendas.
Em sua carreira foi pioneiro na mistura de todo tipo de influência musical ao rock and roll, passeando e acrescentado com desenvoltura e sem preconceitos ritmos nordestinos (Aventuras de Raul Seixas na Cidade de Thor), folk ao estilo Bob Dylan (Ouro de Tolo), música brega (Sessão das 10), umbanda (Mosca na Sopa). Em suas letras abordava com igual desenvoltura temas tão díspares quanto sentimentos humanos, críticas ao sistema, esoterismo e agnosticismo. A sua mensagem muitas vezes está implícita em letras que podem ser taxadas de bobas pelos menos perspicazes (vide a letra de Carimbador Maluco) e em outros momentos é pura poesia (como em Canção Para Minha Morte).
-
Faixas:
01 - Maluco Beleza
02 - Você Ainda Pode Sonhar
03 - Metamorfose Ambulante
04 - Caroço de Manga
05 - Coração Noturno
06 - Tente Outra Vez
07 - Você
08 - Areia da Ampulheta
09 - Aluga-se
10 - Sessão das 10
11 - Quero Ir
12 - Gita
13 - Nanny
14 - Meu Amigo Pedro
15 - Medo Da Chuva
16 - Anarkinopolis
17 - Carpinteiro do Universo
18 - A Maçã
19 - White Wings (Asa Branca)
20 - Mamãe Eu Não Queria
21 - Um Som Para Laio
22 - Ouro De Tolo
23 - Diana - Little Darlin' - Oh! Carol - Runaway
-
Link para download:
http://www.mediafire.com/?5jmnfexziea